Coringao Chopp

História “Onde tudo começou”

 

Local: Local Quadra do Sete
Endereço: Tapaxanas, 74/ Piraporinha-Diadema

 

Era com freqüência que um grupo de amigos se reunia na Quadra para jogar bola e conversar, todos Corinthianos, sempre nos reunimos para beber após o futebol.

Em 1.989 decidiram ir aos jogos do Corinthians, a principio eram em alguns carros, com passar do tempo esse grupo de amigos começou a crescer, essa Quadra começou a servir também como “Ponto de encontro” para saída aos jogos, a cada jogo surgia mais gente interessado em ir para o jogo conosco, formando um grupo de muitos AMIGOS de toda a região do ABC e Grande São Paulo, com esse numero muito grande de pessoas não havia mais condições de continuar indo para os Jogos de carros, foi então que surgiu a necessidade de “alugar ônibus”.

 

Essa Quadra na época pertencia ao Sr. Cláudio Tomé, conhecido pelos AMIGOS como DINHO.

 

Em certo dia, num bar estavam reunidos os AMIGOS, entre eles o Dinho, Lua, e outros, começaram a discutir toda essa repercussão do “Ponto de Encontro” para saída dos jogos o grande volume de pessoas interessados em participar desse grupo de AMIGOS, foi então que surgiu a idéia de formar uma TORCIDA ORGANIZADA DO CORINTHIANS.

 

Deu inicio a busca do nome que fosse perfeito, e que todos se identificassem, surgiram muitos nomes, depois de muito pensar surgiu à idéia “Gostamos de Beber e do Corinthians”... então por que não “CORINGÃO CHOPP”.

 

Durante ainda muito tempo o antigo ponto de encontro, agora mais conhecido como “Ponto de Encontro da Torcida Coringão Chopp” ficou sendo a Quadra, mas como a Torcida estava se tornando conhecida entre as outras torcidas do Corinthians e ganhando seu respeito, foi alugada uma Sala Comercial na Avenida Piraporinha, onde oficialmente surgiu a “SEDE DA TORCIDA CORINGÃO CHOPP”.

 

E hoje mantendo a tradição desde sua Fundação a CORINGÃO CHOPP permanece na então, famosa Piraporinha crescendo muito, e sempre oferecendo aos seus associados um ambiente “familiar”, para se reunir, conversar, beber uma cerveja bem gelada, jogar pimbolim, podendo também oferecer diversos modelos de roupas entre masculina, feminina e infantil.